01 fevereiro, 2011

Lost in translation? Os remakes americanos de séries britânicas



Esta semana o blog Na TV publicou um artigo meu sobre os sucessos - e fracassos - das adaptações de séries britânicas nos EUA.

Com um novo ciclo de remakes acontecendo este ano - como os recém lançados Being Human, Shameless e Skins -, vale a pena conferir como as diferenças culturais entre estes dois países vêm selando o destino de várias séries desde os anos 70.

Clique aqui para ser direcionado para o artigo.

2 comentários:

Heloisa Pinhatelli da Silva disse...

Adorei o texto e me fez lembrar de As If, que eu assistia quando passava no Sony no início das noites de sábado, enquanto atrasava algum compromisso justamente para não perder um episódio! E como é de hábito dos canais, nem sei se exibiram a série até o fim, se foi cancelada e tal.
Acho que os britânicos estão muito mais evoluidos que os americanos, principalmente quando se fala em retratar sexo, violência, e uso de álcool e drogas (com excessão das séries da HBO e Showtime, que estão mais avançadinhos).

Sheron Neves disse...

Obrigada pelo comentario Heloisa! Fica ligada que em breve vou postar sobre as organizacoes de pais que provocam polemicas nos EUA e assustam patrocinadores como os de Skins. Bjs!
PS: Eu tambem adorava "As if", lembro que na epoca tinha uma linguagem bem inusitada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...